artigos publicados
home » artigos » Manual para Gestantes» O Bebê
Voltar
O Bebê

 


Por ocasião do nascimento, a maioria dos recém-nascidos tem peso que varia de 2,8 à 4,0kg, altura entre 47 à 50 cm., F.C. 120 à 150 bpm e F.R. 40 à 45 mpm. Nos primeiros dias de vida, ocorre perda de 10% do peso, porém mais
tarde reposto gradativamente.

Pele
É rósea, recoberta por uma camada de gordura (aquecimento), presença de lanuge (pêlos), macia e delicada. Por volta do 2º dia de vida, pode ocorrer alteração da coloração da pele, chamada icterícia (“extravasamento da bile na corrente sangüínea”), podendo ser fisiológica (tratamento simples à base de banho de luz solar) ou patogênica (tratamento específico).

Coto Umbilical
Cordão que unia o bebê à mãe na fase da vida intra-uterina, é “clampeado” logo após o nascimento; a seguir, “cortado”, completando a separação do recém-nascido do corpo materno. Resta uma pequena parte, denominada “coto”,
o qual gradualmente “resseca” e em uma semana cai espontaneamente. Deve ser mantido limpo diariamente com “álcool 70%” (favorece a desidratação e queda do coto). Estar atenta à qualquer anormalidade: secreção e odor, comunicando o médico imediatamente. Mantê-lo seco e “descoberto”.

Olhos
Alguns bebês podem apresentar manchas “vermelhas” ao redor dos olhos, outras vezes, edema das pálpebras, devido ás condições do tipo de parto, desaparecendo mais tarde.

Fontanelas (“Moleiras”)
Representada por dois orifícios na parte superior dos ossos do crânio, ocorrendo solidificação até os 18 meses. Sinal clínico importante para avaliar o grau de desidratação e desenvolvimento cerebral.

Mamas
Devido à passagem dos hormônios maternos para o bebê antes do nascimento, pode ocasionar aumento das mamas e às vezes, sangramento vaginal, desaparecendo posteriormente.

Eliminações
No início, as primeiras eliminações intestinais são bastante peculiares, denominadas mecônio (“escuras e pegajosas”), modificando-se conforme a alimentação. É comum a cada mamada apresentar diurese e evacuação.

Cólicas
Existem algumas maneiras para atenuar as cólicas acrescentadas de muito carinho:
• Segurar o bebê de “bruços” em seus braços;
• Deitar na cama e coloque-o de “bruços” sobre a sua barriga;
• Deitar o bebê de “costas” e flexionar suas “perninhas”, pressionando-as levemente sobre a sua “barriguinha”.

Dermatites de contato (“Assaduras”)
São irritações na pele dos bebês, causadas geralmente pelas fraldas. Devemos proceder higienização dos genitais a cada “troca de fralda”. Procurar atendimento médico caso a dermatite não melhore ou piore.

Primeiras sensações
Já nascem com alguns reflexos “aguçados”, tais como audição, olfato, sucção e deglutição.

Primeiro alimento
Nesta fase da vida, o leite materno será o alimento primordial, pois fornece segurança, nutrientes essenciais e profilaxia aos bebês.

O dia-a-dia
Nos primeiros 30 dias de vida, o bebê dorme a maior parte do tempo. Acorda quando está com fome, voltando a dormir após ser amamentado. Estão sempre atentos a qualquer movimento. À medida que cresce, permanece mais tempo acordado e solicita maiores atenções. No final do primeiro mês, o seu peso aumentará aproximadamente 01 Kg. Reage a certos desconfortos: ruídos e luzes fortes, fraldas “úmidas”, excesso de calor ou frio, acompanhado de choro.

Choro
É a maneira da criança expressar suas necessidades afetadas. Saberemos distinguir os tipos de choros, quando conhecermos melhor o nosso bebê. Exemplo: fome, umidade, cólica, cansaço, carência, calor, frio, habilidade de humor materno e solicitação para brincadeira.