artigos publicados
home » artigos » Manual para Gestantes» Mudanças Emocionais na Gravidez
Voltar
Mudanças Emocionais na Gravidez

 


É natural a mudança de humor e sentimentos durante a gravidez, principalmente no início, devido à mudança hormonal que ocorre. A mulher pode ficar mais sensível, chorona e depressiva. Outras podem ficar mais agressivas, nervosas, mudando seu temperamento. Isso é natural. Além disso, principalmente na primeira gestação, a insegurança, o medo perante uma nova vida para o casal, mais responsabilidade, também é compreensível.

A preocupação aumenta geralmente no último trimestre da gravidez. Aparecem sentimentos de que não serão capazes de criar o bebê, não querer cometer erros com seus cuidados. Outra preocupação é o medo da criança nascer com
defeito. A chance de isso ocorrer é mínima. Esta preocupação indica que você já ama seu bebê, pois a gente só se preocupa com o que a gente ama. Estas preocupações e angústias são normais, você só precisa saber controlá-las.

Você vai fazer o melhor possível para cuidar de seu bebê, mas não se esqueça, ninguém é capaz de saber tudo o tempo todo. Não seja exigente demais com você mesma. É bom você saber que irá cometer erros, pois todos nós os
cometemos. Divida as tarefas com seu marido ou outras pessoas de sua confiança.

As dúvidas sobre a gravidez e cuidados com o recém-nascido, você deve tirar com o médico e profissionais de saúde do posto que você costuma frequentar, ou de preferência com a equipe do pré-natal.

A SUSPEITA

ASPECTOS POSITIVOS

• Gravidez desejada e programada
• Prova de amor do meu par e eu
• A criança como vínculo familiar
• Vivenciar uma das maiores experiências de vida
• Ter alguém para amar e que lhe retribua amor
• Não ficar sozinha
• Satisfazer carências afetivas
• Objetivo de viver


ASPECTOS NEGATIVOS AUSÊNCIA DO CASAL

- Gravidez não desejada e não programada
- Ausência do sentimento de amor
- Surgimento de culpa, arrependimentos, sentimentos de rejeição
- Responsabilidade dobrada
- Insegurança na capacidade de criar sozinha
- Estigma mãe solteira
- Preocupações sociais e financeiras
- Insegurança do futuro