tratamentos
home » tratamentos » Reprodução Humana » Abordagem terapêutica - Aspiração de espermatozoides dos epidídimos (TESA)
Abordagem terapêutica - Aspiração de espermatozoides dos epidídimos (TESA)

Este procedimento beneficia aqueles casais cuja causa da infertilidade é a completa ausência de espermatozóides no ejaculado do parceiro. Uma grande parte dos casos de azoospermia (ausência completa de espermatozóides) é um defeito congênito onde o homem nasce sem os ductos deferentes. (agenesia de deferente) ou nos vasectomizados. Nestes casos os espermatozóides são produzidos, porém não têm por onde escoar até as vesículas seminais (reservatório de espermatozódes). Os espermatozódes formados acumulam-se em pequena quantidade nos epidídimos de onde podem ser aspirados e utilizados através da injeção intra-citoplasmática. Esta recuperação dos espermatozoides pode ser realizada com a utilização de aspiração percutânea recebendo o nome de PESA ( percutaneous epididymal sperm aspiration) ou ser realizado através de micro-cirurgia, neste caso recebe o nome de MESA ( microsurgical epididymal sperm aspitarion).