tratamentos
home » tratamentos » Reprodução Humana » Investigação do casal infértil
Investigação do casal infértil

O casal é considerado infértil e passível de submeter-se à investigação diagnóstica, após um ano de relações sexuais normais, pelo menos duas vezes por semana, não obtendo gravidez, naturalmente sem o uso de nenhum tipo de anticoncepcional. Nos casais com idade além de 35 anos, já há indicação de serem avaliados após 6 meses de relações sexuais sem a ocorrência da gestação. O casal pode submeter-se à investigação imediata nas situações em que previamente já se tenha conhecimento de um ou mais fatores que possam dificultar a gestação. Entre estas situações estão doenças infecciosas que possam alterar a produção de espermatozoides, tais como caxumba e infecções nos testículos, traumas e alterações genéticas, e nas mulheres, as doenças que possam ter causado alterações principalmente nas trompas, ovários, útero ou vagina, além de problemas endócrinos.´Qualquer que seja a causa da infertilidade ela dificulta a interação entre os espermatozoides e os óvulos, a interação do embrião com o útero ou inviabiliza a evolução da gestação.